Cultura

ALMEIDA, H. B. - Melodrama Comercial – reflexões sobre a feminilização da telenovela Cadernos Pagu. Campinas, n. 19, 2002, pp. 171-194.

ALMEIDA, Heloisa B. Ficção como vitrine: a telenovela na promoção do consumo. Novos Estudos. São Paulo: Cebrap, n. 66, July 2003, pp. 179-190.

BOTELHO, Isaura - As dimensões da cultura e o lugar das políticas públicas ( download arquivo - 221 KB ) - São Paulo em Perspectiva, Revista da Fundação SEADE, vol. 15 - n. 2, 2001.

BOTELHO, Isaura - Os equipamentos culturais na cidade de São Paulo: um desafio para a gestão pública ( download arquivo - 280 KB ) - in Espaço e Debates - Revista de Estudos regionais e urbanos - n.43/44 São Paulo, 2004.

BOTELHO, Isaura e FIORE, Mauricio - O uso do tempo livre e as práticas culturais na Região Metropolina de São Paulo - Relatório da primeira etapa da pesquisa (download arquivo - 1.130 KB), 2005.

HAMBURGER, E. I. "Politics of Representation: Television in a São Paulo Favela”. Framework, Spring 2003, vol. 44, n. 1, pp. 104-115.

KIRSCHBAUM, Charles; SAKAMOTO, Cristina; VASCONCELOS, Flávio C.  Conflito e improvisação por Design: a metáfora do Repente. Revista Organizações & Sociedade, V. 21, N. 68 (2014)

KIRSCHBAUM, Charles. Rappers em São Paulo: conexões, disconexões e transgressões. REDES- Revista hispana para el análisis de redes sociales. Monográfico Análise de redes sociais na lusofonia: grupo de trabalho de Análise de redes sociais do Congresso luso afro brasileiro, Salvador 2011, v.22,p.5-22.

KIRSCHBAUM, C. “Careers in the Right Beat: U.S. Jazz Musicians'typical and non-typical trajectories”. Career Development International, Bradford, England, v. 12, n. 2, p. 187-201, 2007.

KIRSCHBAUM, C. ; VASCONCELOS, F. “Tropicália: Strategic Maneuvers in Networks of Musicians”. RAE. Revista de Administração de Empresas, v. 47, p. 10-26, 2007.

KIRSCHBAUM, Charles. A Evolução do Campo do Jazz, 1930-1969. 2006. (download arquivo – 579 KB).

VASCONCELOS-OLIVEIRA, M. C. Culturas, públicos, processos de aprendizado: possibilidades e lógicas plurais. Políticas Culturais em Revista, v. 02, p. 1, 2010.

SCHLEGEL, Rogerio. Raízes do Brasil, 1936: o estatismo orgânico como contribuição original. Revista Brasileira de Ciências Sociais (Online), v. 32, n.93, p. 1-37, 2017.

TAKAHASHI, Henrique Yagui."Capítulo 4, Versículo 3”: o “crime” na teologia dos Racionais MC’s. Apresentado no seminário CEM/Cebrap "Território, crime e ordenamento social nas margens da cidade" realizado no dia 18/05/2012.

XAVIER, Ismail. Corrosão social, pragmatismo e ressentimento: vozes dissonantes no cinema brasileiro de resultados. Revista Novos Estudos. São Paulo: Cebrap, jul. 2006, n.75, p.139-155.

Licença Creative Commons
Este site do Centro de Estudos da Metrópole está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://centrodametropole.org.br/